Sexta, 22 de setembro de 201722/9/2017
(75) 9 9910-8419
SAÚDE
Hospital Geral Santa Tereza vai ganhar mais três leitos de UTI e salas para aportar policlínica.
Hospital Geral Santa Tereza vai ganhar mais três leitos de UTI e salas para aportar policlínica.
Allan Matos Cícero Dantas - BA
Postada em 19/08/2017 ás 13h41
Hospital Geral Santa Tereza vai ganhar mais três leitos de UTI e salas para aportar policlínica.

Nelson Portela, Coordenador dos Consórcios de Saúde do governo do estado, disse durante a Assembleia Geral Estatuinte do Consórcio Público Interfederativo da Região de Ribeira do Pombal, realizada na última quarta-feira, 16, pela manhã, no Auditório do Colégio Evência Brito, que o governador Rui Costa já autorizou as obras de ampliação do Hospital Geral Santa Tereza, que vai ganhar mais três leitos de UTI e novas salas para aportar também a Policlínica regional,  que vai atender os quinze municípios consorciados, que juntos formam uma população de 332. 211 habitantes.


As obras devem começar assim que o Consórcio conseguir o seu CNPJ, o que já está sendo providenciado, uma vez que o estatuto da entidade já foi aprovado e, na mesma assembleia, foram escolhidos, Ricardo Maia, prefeito de Ribeira do Pombal, como presidente, e Luiz Cássio Andrade, o Cassinho, prefeito de Nova Soure, como vice-presidente.



Cassinho, prefeito de Nova Soure e vice-presidente do consórcio, e Ricardo Maia, prefeito de Ribeira do Pombal e presidente. 


Os municípios consorciados não terão custos no que se refere a administração do Hospital Geral, pois o repasse total para isso continuará sendo feito pelo governo do estado, só que ao consórcio, assim que este estiver devidamente pronto para receber e gerir a unidade hospitalar regional.


Porém, para o funcionamento da Policlínica, a contribuição de cada município será de R$ 1,39 por habitante, sendo que o governo do estado entrará com o aporte dos 40% restantes.


Fazem parte do consórcio Adustina, Antas, Banzaê, Cícero Dantas, Cipó, Coronel João Sá, Fátima, Heliópolis, Nova Soure, Novo Triunfo, Olindina, Paripiranga, Ribeira do Amparo, Sítio do Quinto e Ribeira do Pombal.



Prefeitos de alguns municípios consorciados e, ao centro, Nelson Portela, coordenador da formação dos consórcios do governo do estado. 


Prefeitos ouvidos, ontem, por nossa reportagem, momentos antes de a assembleia ser iniciada, como Jailma Dantas, de Banzaê, Abel Araújo, de Cipó, Germano Santana, de Ribeira do Amparo, Luiz Cássio Andrade (Cassinho), de Nova Soure, e Ricardo Maia, de Ribeira do Pombal, foram unânimes em ressaltar a importância da união dos municípios através de um consórcio, não só para gerir o Hospital Geral Santa Tereza, mas também para trabalhar a formação de uma rede de saúde em várias frentes, tendo como objetivo o fortalecimento da atenção básica, de uma rede de urgência e emergência, implantação da rede cegonha, entre outras, como forma de ampliar e melhorar a oferta de saúde na região, tida como a mais carente de todo estado no que se refere à saúde, principalmente no tange a especialidades e exames de média e alta complexidade, obrigando os pacientes a viajarem para outros centros em busca desse tipo de atendimento.



 Nelson Portela, representante do governo do estado, conduzindo os trabalhos da Assembleia Geral que aprovou o estatuto do Consórcio de Saúde de Ribeira do Pombal, e a escolha do presidente e vice-presidente do Consórcio.


 


Redação pombalfm.com.br


Fotos compartilhadas por Mikael Gama

FONTE: Pombal FM
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
167
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium